12

Por Favor, Ignore Vera Dietz (A.S. King)

Ficha Técnica:
Nome Original: Please Ignore Vera Dietz
Autora: A.S. King
País de Origem: Estados Unidos
Tradução: 
Número de Páginas: 288
Ano de Lançamento: 2015
ISBN: 9788542807073
Editora: Novo Século

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 34º livro lido e foi Por Favor, Ignore Vera Dietz (A.S. King). Eu não lembro exatamente onde eu peguei a indicação para ler este livro, apenas sei que se estava na minha listinha de leituras, é porque alguma resenha ou crítica havia me impactado.

O livro nos traz a Vera, uma adolescente no seu último ano do ensino médio, vivendo um momento dolorido de sua vida: seu melhor amigo morreu. O livro inicia no velório de Charlie, que era vizinho de Vera e que desde os 4 anos de idade, dividia a sua vida com ela, fossem vitórias ou derrotas, os dois eram cúmplices em tudo. Acontece que quando Charlie morreu, eles estavam brigados a alguns meses e Vera se sente terrivelmente triste pela perda e porque eles não haviam resolvido suas diferenças antes de Charlie morrer.

O livro então irá se desenvolver em pouco a pouco, nos apresentar quem era o Charlie e aos poucos que vamos conhecendo o melhor amigo de Vera, conhecemos ela melhor também. Vera é filha de um ex-alcoólatra, um pouco sistemático, mas muito dedicado para com a filha e cheio de receios que ela não seja feliz. A mãe de Vera abandonou a família quando tinha 12 anos e eles tentaram superar essa perda, cada um do seu jeito.

Vera é uma garota inteligente e muito dedicada aos estudos, além de dividir o seu tempo entre um trabalho em uma pizzaria da cidade. Ela foge dos populares da escola e tudo o que quer na vida, é ser ignorada, que não percebam sua presença e assim, não a hostilizem.

Já Charlie, como Vera, também era um garoto simples, porém com uma configuração familiar um pouco mais complicada. A mãe de Charlie é constantemente espancada pelo pai, e neste ambiente triste, ele tenta encontrar na amizade com Vera, algum alívio para sua vida. A princípio Charlie não se importa com o que pensam dele, até que ele passa para o lado dos populares e assim, se afasta de Vera.

As condições da morte de Charlie nos são reveladas pouco a pouco, apenas sabemos que Vera sente uma certa culpa e precisa limpar o nome do amigo, porque sabe que os boatos que se espalharam sobre ele após sua morte, não são verdadeiros e ela está tão mergulhada nesta missão, que acaba por ter alucinações, porém, ela não tem como provar nada, apenas a sua certeza particular que ele não teve culpa pelas coisas que aconteceram.

O livro me envolveu fortemente e a história me deixou muito instigada. A forma como Vera sentia a necessidade de esclarecer os fatos e ao mesmo tempo, minha curiosidade em saber o que realmente aconteceu, fizeram com que eu comesse as páginas deste livro. Torci o tempo todo para que a Vera atingisse o seu objetivo e a personagem evolui nitidamente no desenvolvimento da narrativa. Charlie despertou em mim muitos sentimentos, inclusive aversão por ter sido tão babaca em determinadas situações. O pai de Vera foi um dos meus personagens favoritos, apesar da sua própria falta de noção em relação a muitas coisas.

O livro traz 4 pontos de vista, sendo que o de Vera, é o que domina grande parte da narrativa. Mas temos também o ponto de vista do pai de Vera e o de Charlie, já morto. Como se ele estivesse observando Vera e tentando explicar tudo o que aconteceu. Temos ainda, curiosamente o ponto de vista de um local da cidade onde eles moram e foi interessante ver um lugar se posicionar diante de uma história.

O livro traz uma abordagem seríssima sobre a necessidade de não ignorarmos as pessoas e as situações que elas vivem. Fala diretamente para que denunciemos o que acreditamos ser errado e que possamos entender o silêncio de quem não consegue lutar sozinho. Aqui temos não apenas um enredo de superação e luto, mas temos temas sérios, inseridos em um texto consistente e muito bem desenvolvido. Os personagens sofrem com alcoolismo, bullyng e abusos e cada um deles, deixa a mensagem muito clara: NÃO IGNOREM!!!

Mais uma vez, me vi de frente com uma leitura que deveria ser obrigatória nas salas de aula, discutida com responsabilidade e refletida para sempre. Foi um livro que me deixou incomodada e com os olhos mais abertos para as pessoas que fazem parte da minha vida, direta ou indiretamente.

Este foi o meu primeiro contato com a escrita da A. S. King, mas, com certeza, não será o último, porque quero ler todos os livros que ela já tiver publicado no Brasil. A escrita dela é fluida e simples, mas, ainda assim, com toques interessantes de sentimentos que me emocionaram e também me divertiram.

Super-recomendo a leitura para todos. É um livro que traz temas pertinentes à nossa realidade e que pode servir de veículo para se pensar sobre coisas que muitas vezes, achamos melhor ignorar e, por conseguinte, não nos envolver, porém, sérias demais para deixar quietas.

Adorei o livro e quero que esta trama fique forte em minha mente!


Um pouco sobre a autora: A. S. King é uma autora conhecida por seus romances premiados para jovens, embora também escreva para adultos. Seus livros estão entre os mais premiados, sendo muito popular entre os jovens americanos. Depois de mais de uma década morando na Irlanda, período em que se dividiu entre a restauração de sua fazenda, a alfabetização de adultos, e a escrita de romances, ela voltou para os Estados Unidos em 2004, e hoje mora com o marido e filhos na Pensilvânia. Seus livros publicados no Brasil são: 
  • A História do Futuro de Glory O'Brien
  • Todo Mundo Vê Formigas
  • Os Dois Mundos de Astrid Jones
Comentários
12 Comentários

12 comentários:

  1. Gosto de livros com personagens adolescentes... Acho bem interessante a forma como desenvolve o universo juvenil e as tramas. Fiquei bastante curiosa e vou anotar a dica!

    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?

    Hoje em dia tem muitos livros com esse tema e acho muito bom, é um jeito de mostrar que certos temas não ficam escondidos. Concordo com você, que esse tipo de livro tem que ser debatido em sala de aula. Gostei da trama, vou anotar a dica.
    Parabéns pela resenha.

    Beijos
    Laneh Martins
    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ivi
    Que bom que curtiu. Também ouvi elogios sobre o livro e tenho curiosidade. Gosto desses livros que nos fazem refletir sobre pensar em fazer o melhor pelas pessoas e ficarmos alertas para as coisas erradas. Temas reais assim, sempre rende boas leituras. Ótima dica.


    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Já li um livro da autora e não gostei, mas acho que daria uma chance a Esse, fiquei curiosa com o mistério da morte do garoto.

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    Eu gostei dos pontuamentos que levantou na sua resenha, porque fala que o livro trata de assuntos como violência, agressão verbal e emocional na escola e outros lugares de forma responsável e bem respaldada, porque já li livros que apenas jogam o assuntos e os leitores que se virem para tirarem suas próprias conclusões.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Olá, tem um booktuber que eu acompanho, que ama essa autora, mas detestou esse livro, então eu meio que tinha um pé atrás com esse livro até ler usa resenha. Agora fiquei mais animada para ler o livro, achei interessante a situação pela qual a Vera passa, assim como seus problemas familiares.

    ResponderExcluir
  7. Nossa, eu não sabia que o livro trazia temas importantes. Achei que seria apenas um Young Adult daqueles bem água com açúcar, mas fiquei surpresa.
    Achei muito legal o lugar tem um ponto de vista também, além de Charlie.


    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Não conhecia esse livro, mas gostei muito da premissa, é bem atual e os jovens vão se identificar bastante.

    ResponderExcluir
  9. Oiii!

    Ivi, eu não conhecia o livro e gostei de ver que é uma obra com uma tema mais denso e bem trabalhado, é importante levantar certos questionamentos sempre!
    Gostei de saber das visões que a obra traz no enredo.
    A sua resenha está ótima!

    Beijinhos,

    ResponderExcluir
  10. Olá Ivi,
    Ainda não li nada dessa autora, mas li tantos elogios para ela que tenho muita vontade de ler.
    Acho que esse livro tem uma mensagem muito importante e, principalmente, faz o leitor pensar sobre como precisamos ajudar o próximo e, principalmente, não ignorar o que acontece com eles.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  11. OII!
    Gosto muito de livros desse tipo, e esse já vai pa ra minha lista.
    Gostei muito de sua resenha.

    ResponderExcluir
  12. Oi!!
    Não conhecia esse livro, o título não chamou a minha atenção, mas conforme fui lendo a tua resenha minha opinião mudou totalmente, a leitura realmente parece ser muito instigante e gosto de tramas que tratam de temas fortes.
    Adorei conhecer o livro.
    Beijão!

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014