11

O Reverso da Medalha (Sidney Sheldon)

Ficha Técnica:
Nome Original: Master of the Game
Autor: Sidney Sheldon
Tradução: A. B. Pinheiros de Lemos
País de Origem: Estados Unidos
Número de Páginas: 590
Ano de Lançamento: 1984
ISBN-13: 9788501094001
Editora: Record
SKOOB | GOODREADS

Oi gente que ama livros, hoje venho com a resenha do 51º livro lido em 2017 e foi O Reverso da Medalha (Sidney Sheldon). Como já virou tradição na minha Maratona de Releituras, sempre incluo um livro deste autor para reler porque foram seus livros que desenvolveram em mim o hábito e o prazer da leitura.

O livro nos traz a história complexa de uma família. Jamie McGregor deixou a Escócia no fim do século XIX rumo à África do Sul com o objetivo de se tornar rico com os diamantes que eram encontrados lá. Sem muitos recursos ele se aventura em um país com idioma e cultura totalmente diferentes do seu, e para cumprir com o seu objetivo, ele passa por todo tipo de humilhação e violência. Para se vingar das agonias que ele foi submetido por Salomon van Derve, o homem que o enganou quando ele precisou de ajuda, ele estabelece um plano que inclui engravidar a única filha dele, Margaret que a despeito dos planos de vingança de Jamie, era apaixonada por ele. Assim Jamie inicia o seu império que anos depois ficará nas mãos de sua filha Kate, uma garota inteligente, ágil e a verdadeira protagonista de toda a história.


O livro se desenvolve em camadas e é muito complicado contar a sua história sem dar algum spoiler do enredo porque a cada fase do livro, novas tramas e sub histórias movimentam o plot central do enredo e conforme nos envolvemos com os personagens, fica impossível deixar o livro de lado.

Kate é uma das protagonistas de Sidney Sheldon mais controversas. Ela é forte e extremamente calculista e muitas das suas atitudes são questionáveis sob o ponto de vista da moral, porém, ela é incrivelmente envolvente e você torce para que ela consiga alcançar seus objetivos, mesmo deixando um rastro de tristeza por onde passa.

O livro é rico em detalhes sobre a mineração de diamantes e isso poderia ser enfadonho se fosse escrito por alguém sem talento, mas no caso do autor, ele nos prende e alimenta a nossa curiosidade sobre um assunto que muitos de nós não temos o mínimo interesse. Os personagens são muito bem desenvolvidos e na medida em que eles vão entrando na história, conseguimos determinar com facilidade quem pode se dar bem e quem pagará pelos erros dos outros. David, o homem que Kate sempre amou e que despertará amor no seu coração também. Anthony, o filho que foi na contra mão de tudo o que ela tinha planejado. Alexandra e Eve, as netas que colocaram na leitura, uma dose grande de tensão e emoção.


A primeira vez que li este livro eu estava em uma grande febre de Sidney Sheldon. Lia um livro dele atrás do outro e quando esta história caiu em minhas mãos, eu a devorei. Lembro que eu estudava em período integral e passava a hora do almoço inteira com a cara enterrada no livro, muito curiosa em como esta trama seria concluída.

Com muitas trapaças envolvendo luxo e vinganças pessoais, temos aqui um enredo rico com personagens marcantes. O fim do livro é um pouco melancólico, mas ainda assim muito bem escrito e consistente para com toda a trama e é impossível não ter aquela sensação de satisfação quando a leitura termina.

Recomendo a leitura do livro para os leitores que gostam de sagas familiares com personagens imperfeitos e politicamente incorretos, mas ainda assim, dignos de nosso tempo e atenção. O livro traz violência, romance, sexo e uma escrita fluida e viciante.


Eu adorei reler.


Um pouco sobre o autor: Sidney Sheldon foi um novelista e roteirista. Nascido Sidney Schechtel, de pai judeu alemão e mãe judia russa, iniciou sua carreira em Hollywood como revisor de roteiros em 1937 além de colaborar em inúmeros filmes de segunda linha. Preferiu trabalhar no cinema do que na literatura por não julgar-se capaz de escrever um livro. Sheldon também escreveu musicais para a Broadway além de roteiros para a MGM e Paramount Pictures. Foi o criador de séries televisivas de grande sucesso e como escritor, um dos mais lidos e vendidos. Seus livros publicados no Brasil são:
  • A Outra Face
  • O Outro Lado da Meia Noite
  • Um Estranho no Espelho
  • A Herdeira
  • A Ira dos Anjos
  • O Reverso da Medalha
  • Se Houver Amanhã
  • Um Capricho dos Deuses
  • As Areias do Tempo
  • Lembranças da Meia-Noite
  • O Juízo Final
  • Escrito nas Estrelas
  • Os Doze Mandamentos (infanto-juvenil)
  • Nada Dura para Sempre
  • Corrida Pela Herança (infanto-juvenil)
  • O Estrangulado (infanto-juvenil)
  • Manhã, Tarde e Noite
  • O Plano Perfeito
  • Conte-me Seus Sonhos
  • O Céu Está Caindo
  • Quem Tem Medo do Escuro?
  • O Outro Lado de Mim: Memórias (auto-biografia) 
Comentários
11 Comentários

11 comentários:

  1. Olá Ivi, tudo bem?

    Eu nunca cheguei a ler nenhum livro de Sidney Sheldon, mas gostei da trama que este aborda. Tem todos os elementos de um bom romance policial, coisa que estou aprendendo a apreciar nos últimos anos. Se você puder me recomendar um título dele para começar a ler, eu agradeceria, rs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá Ivi,
    Estou em meu primeiro contato com o autor em Se Houver Amanhã e estou amando a leitura! Ainda não concluí, mas assim que acabar já quero ler a continuação!!!
    Gostei muito da sua resenha e do livro vou anotar a dica para quando eu entrar na febre do autor, vou ler este livro maravilhoso!
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

    ResponderExcluir
  3. Oi tudo bem?
    Estou amando essa suas maratona de releituras hahaha e acompanhando um pouco também. Não conhecia o autor mas pelo que você disse sobre ele me deixou com vontade conhecer essa obra por falar sobre a Africa que é um país que não vejo falar muito sobre.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Ivi,
    Dele eu só li A Herdeira e olha que nem tinha idade para esse tipo de livro ainda.
    Quero muito ler outras obras do Sidney, pois foi uma autor cuja escrita me encantou.
    Adoro essas tramas familiares essas imperfeições que cada membro tem, principalmente o fato do autor abordar que mesmo sendo família pode não existir aquele harmonia de todos se gostarem, então acho que com esse livro não será diferente ter o prazer de ler.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  5. Oi ivi, tudo bem? Cara, esse é o livro do sheldon que eu mais amoooooo de paixão. A história das netas pra mim é o ponto alto. É o tipo de livro que c lê e fica louca ne? Não consegue parar até saber o final!!! Eu faria sim a releitura desse clássico, e olha que nem curto ler um livro 2 vezes pq eu mesma fico me dando spoiler hahahaha. Impossível não amar o sheldon e esse livro, pra mim, ta no TOP five! Bjosss

    www.porredelivros.com

    ResponderExcluir
  6. Oie! Tudo bem?

    Nunca li nada desse autor, mas já ouvi muitas opiniões sobre suas obras, tenho e não tenho ao mesmo tempo vontade de conhecer as histórias dele, mas por enquanto passo a dica, mas fico feliz que tenha gostado da releitura!

    Bjss

    ResponderExcluir
  7. Oie...
    Adorei a resenha!
    Eu até gosto de personagens imperfeitos, mas, a última vez que li algo do Sheldon foi tão traumatizante que prefiro não ler nada dele tão cedo rsrs... Mas, enfim, creio que os fãs irão gostar.
    Bjo

    ResponderExcluir
  8. Olá Ivi,
    Ainda não li nada do Sidney, você acredita? Fiquei muito contente por você ter relido e curtido. Achei muito legal os personagens do autor serem imperfeitos, pois isso os tornam reais. Fiquei curiosa para saber como as coisas se desenrolam nesse livro e vou anotar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi, Ivi! Como vai?
    Eu ainda não li nenhum livro do Sidney Sheldon, apesar de sempre ouvir falar muito bem do autor. Achei a história do livro um tanto confusa, portanto procuraria outra obra dele para iniciar. Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oie!!
    Ai menina, eu tenho um grave problema com o Sidney Sheldon,nunca li nada dele e tenho medo, acredita? Mas pela sua resenha, esse livro não envolve isso e me deixou bem curiosa e com vontade de conhecer essa escrita!

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Tenho um livro dele na minha estante, mas nunca li, não apenas por falta de tempo, mas também porque não tive vontade rsrs.
    Os personagens serem imperfeitos foi um ponto maravilhoso, pois mostra a realidade, ninguém é 100% perfeito.

    Adorei o post e o blog.
    Beijão!
    https://bloggmundodoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
♥ Meu Amor Pelos Livros ♥ - Todos os direitos reservados © 2014